Notícias da Diocese

Escola de Irmã Dulce ganha atelier para construção de instrumentos musicais

O Atelier de Lutheria de Plástico do NEOJIBA será inaugurado nesta quinta-feira (dia 12), às 10h, no Centro Educacional Santo Antônio (CESA), núcleo de educação das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), em Simões Filho, que atende 700 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A oficina vai acolher parte das ações previstas na segunda etapa do Orquestra Plástica do NEOJIBA; projeto que articula, por meio da música, os campos da sustentabilidade e da inclusão socioprodutiva e que conta com patrocínio da Braskem e do Governo do Estado, através do Programa Fazcultura.

O Atelier em Simões Filho integrará as atividades de formação musical do Núcleo de Prática Orquestral e Coral (NPO) do NEOJIBA, realizadas em parceria com as Obras Sociais Irmã Dulce. Com a inauguração deste espaço, o projeto Orquestra Plástica terá dois ateliês em operação no interior do Estado. O segundo funciona em Angical, onde vive o músico Natan Paes, que em 2009 apresentou ao NEOJIBA um protótipo de instrumento de corda feito com plástico PVC. Desde então, os luthiers do NEOJIBA lideram o trabalho de pesquisa para o aprimoramento desta técnica de construção de instrumentos sinfônicos a partir da matéria-prima do plástico, sob a consultoria do luthier suíço Andre-Marc Huwyler.

Na segunda etapa do projeto, as duas oficinas têm como meta a fabricação de 120 instrumentos sinfônicos de cordas, a partir de canos de PVC. Além de violinos e violas de diversos tamanhos, produzidos na primeira fase do projeto, o próximo passo é desenvolver os estudos para fabricação de violoncelos e contrabaixos a partir de canos de PVC.
“Além de fortalecer nossa parceria com o NEOJIBA, o Atelier oferece novas perspectivas de inclusão no mercado de trabalho para nossos estudantes”, avalia Flávia Rosemberg, líder do Centro Educacional Santo Antônio.
O diretor geral do NEOJIBA, Ricardo Castro, sinaliza que a proposta central é promover a acessibilidade à formação musical. “Os instrumentos que serão produzidos em Simões Filho serão usados para as atividades de iniciação musical nos nossos núcleos e no projeto NEOJIBA nos Bairros. Será uma oportunidade para oferecer a mais crianças acesso a instrumentos musicais”, ressalta o maestro.

Os instrumentos feitos com cano PVC têm maior durabilidade em decorrência da resistência à umidade, maior resistência a impactos físicos e menor custo de manutenção. Além de serem fabricados com matéria-prima reutilizável.

Fonte: Ascom da OSID

PALAVRA DO BISPO

Dom Walmor

EVENTOS

SuMoTuWeThFrSa

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2020› »