Notícias da Diocese

Dom Paulo Romeu participa de 1º Simpósio Missionário do Regional Nordeste 3

A Igreja nasce da missão e existe para a missão. É a partir dessa exortação feita pelos bispos através do Documento de Aparecida, que o Conselho Missionário Regional (Comire) do Nordeste 3, realizou o 1º Simpósio Missionário. O encontro aconteceu entre os dias 17 e 19 de outubro no Auditório da Cúria da Arquidiocese de Salvador (BA). Bispo referencial para a Dimensão Missionária no Regional, Dom Paulo Romeu acompanhou o simpósio e presidiu a missa de encerramento. Para ele, o grande número de participantes revela o compromisso da Igreja com a missão. “A nossa Igreja é missionária por essência e precisamos fomentar, formar os nossos missionários, a fim de que tenhamos cada vez mais pessoas trabalhando pela construção do Reino entre nós”, lembra.

Com o tema “Por uma Igreja cheia de ímpeto e audácia evangelizadora” e o lema “Passemos para a outra Margem” (Mc 4,35), o encontro foi assessorado pelo diretor do Centro Cultural Missionário em Brasília, Pe. Estevão Rasquietti. Diversas Dioceses enviaram representantes que se mostraram animados com o encontro e sua proposta.

Segundo o coordenador do Comire, Pe. Antônio Niemec, o encontro é uma iniciativa do Conselho que visa animar missionariamente a Igreja no Regional. “O Simpósio foi idealizado para ser uma ajuda nesse processo, e proporcionar uma formação mais sólida e em sintonia com os desafios da missão no Brasil e além-fronteiras”, afirma o sacerdote. A participação abrange todas as pessoas empenhadas no âmbito missionário a nível regional, diocesano e paroquial. “Criar nos cristãos uma nova mentalidade, mentalidade missionária, é uma tarefa urgente, mas, ao mesmo tempo, árdua e difícil. Ela exige um novo tipo de formação que, em consequência, vai levar à necessária mudança de atitudes”, continua.

PALAVRA DO BISPO

Dom Walmor