Notícias da Diocese

Conselho Missionário Regional promove 1º Encontro de formação para membros dos COMIDIs

“A alegria do Evangelho enche a vida da comunidade dos discípulos que voltam da missão cheios de alegria.” (cf. Evangelii Gaudium, 22). Com sentimentos de gratidão e alegria, os participantes do 1º Encontro de formação, orientação e planejamento para membro dos Conselhos Missionários Diocesanos (COMIDIs), realizado em Salvador, entre os dias 26 e 28 de maio, retornaram para suas dioceses.
Os(as) discípulos(as) missionários(as), representando 18 das 25 dioceses que fazem parte do Regional Nordeste 3 (Bahia e Sergipe), assumiram o compromisso e a responsabilidade de continuarem articulando ações que possibilitem o “anúncio da Boa Nova a toda criatura!” (Mc 16,15), porque sabem e têm plena confiança de que são acompanhados e fortalecidos pela força do Senhor Ressuscitado e presença do Espirito Santo que ilumina e guia seus passos em sua missão.

“Sabemos que a Igreja é missionária por natureza (cf. EG, 122). Por isso, cooperar com a missão faz parte do ser da Igreja”. Foi com essas palavras motivadoras que os assessores, Pe. Sidnei Dornelas (assessor da Comissão Episcopal para a Missão Continental da CNBB) e Ir. Dirce Gomes da Silva (assessora da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionaria e Cooperação Intereclesial da CNBB) iniciaram a introdução a um dos temas do encontro: “A missão aos povos a partir do Concilio Vaticano II”.

Os participantes fizeram uma “caminhada histórica”, através dos diversos documentos, cartas e decretos da Igreja, onde a missão é entendida como “paradigma de toda obra da Igreja” (cf. EG, 15). Por isso, em toda a sua historia a Igreja nunca deixou de ser missionária, porque o sentido da missão é o próprio coração de Deus, que está na origem da Igreja.

Toda a Igreja é convocada a viver em estado permanente de missão, a sair de si e possibilitar que as pessoas possam fazer a experiência do amor misericordioso de Deus e perceber-se também como discípulos/as missionário/as. Nesse sentido, os Conselhos Missionários Diocesanos (COMIDIs), através de seus coordenadores(as), têm a missão de formar e cultivar uma profunda consciência missionária, para que cada batizado e cada forma de organismo da Igreja tenham essa consciência de que a Igreja de Jesus Cristo é verdadeiramente missionária porque recebeu dele a incumbência de “Ide pelo mundo inteiro e anunciem a Boa-Nova a toda criatura!” (Mc 16,15). Nestas palavras de Jesus, o discípulo missionário encontra a motivação para, em uma constante atitude de “saída”, buscar, pelo testemunho de fé e esperança, em profunda comunhão eclesial, ir ao encontro daquelas realidades onde a vida se encontra mais ameaçada e anunciar a novidade do Reino, novidade esta que é a própria pessoa de Jesus.

Assim sendo, o discípulo missionário vai percebendo, pela intimidade com a pessoa do Ressuscitado, através da oração, que “naquele ‘Ide’ de Jesus, estão presentes os cenários e os desafios sempre novos da missão evangelizadora na Igreja, e hoje todos somos chamados a esta nova ‘saída’ missionária” (DGAE n. 13).

Com informações de Ir. Jusciêda Menezes
Secretária do COMIDI de Feira de Santana.

PALAVRA DO BISPO

Dom Walmor

EVENTOS

SuMoTuWeThFrSa

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

 
 « ‹nov 2020› »