Notícias da Diocese

Bispo de Alagoinhas participa de inauguração do Memorial Dom Ricardo, em Barreiras

A cidade de Barreiras e a região Oeste da Bahia passa a desfrutar de um importante aparelho cultural-religioso, o Museu-memorial Dom Ricardo, que foi inaugurado pelo bispo diocesano, Dom Josafá Menezes, no dia 21 de maio. Trata-se de justa homenagem da Diocese de Barreiras ao seu primeiro Bispo no sentido de reconhecer os trabalhos por ele desenvolvidos. O bispo diocesano de Alagoinhas, Dom Paulo Romeu, que era padre do clero de Barreiras participou da inauguração.

O Museu / Memorial apresenta aos visitantes uma síntese sobre a vida de Dom Ricardo, a partir de fotografias, mapas, documentos, equipamentos, livros, revistas, ambientes, reportagens e objetos litúrgicos.

A exposição se desenvolve a partir do nascimento de Dom Ricardo, no ano de 1939, na Áustria e aborda outros momentos: a difícil convivência juntamente com sua família ao se defrontarem com o inicio da Segunda Guerra Mundial; o tempo de estudante e, depois o seu ingresso na Ordem de São Bento; o período que chegou a Barreiras (1974) para se responsabilizar pela Paróquia São João Batista; a construção de uma nova diocese, com sede em Barreiras; o marcante episcopado de Dom Ricardo a favor dos excluídos do processo de desenvolvimento do Oeste da Bahia. A exposição chega ao seu termo com a enfermidade, falecimento de Dom Ricardo (2010), na Áustria, e homenagens póstumas.

Outros eventos serão realizados no Museu / Memorial Dom Ricardo no sentido de dar prosseguimento à sua memoria. Assim, serão realizadas atividades artísticas com a instalação de um Cine Clube que exibirá filmes de conteúdo humanístico de inspiração cristã, “Concurso Literário Dom Ricardo de Direitos Humanos” e outras atividades concernentes a uma instituição que preza a memória de tão ilustre autoridade religiosa que contribuiu para o desenvolvimento desta região.

Fonte: Diocese de Barreiras

PALAVRA DO BISPO

Dom Plínio